A importância do Ensino Técnico em tempos de crise econômica no Brasil

A importância do Ensino Técnico em tempos de crise econômica no Brasil

A diminuição da oferta de empregos devido à desaceleração da economia brasileira não é somente uma preocupação para aqueles que desejam se recolocar no mercado de trabalho, mas também de jovens que ainda não começaram a trabalhar. A principal inquietação desses estudantes é qual a melhor forma de entrar no mercado de trabalho com a redução das oportunidades de emprego.

O Ensino Técnico é uma boa opção para os jovens conseguirem um emprego de forma mais rápida. Porém, os estudantes devem ficar atentos para não optar por uma área que esteja com um número baixo de contratações de profissionais. Nesse artigo, você saberá a importância do Ensino Técnico nesse período de baixa oferta de empregos, os cursos técnicos que são mais valorizados e quais são os melhores colégios públicos que oferecem vagas nas áreas que estão valorizadas.

Importância do Ensino Técnico

Além de ser uma forma mais rápida de entrar no mercado de trabalho, a pessoa que possui uma formação técnica possui mais estabilidade dentro da empresa que trabalha. Segundo uma pesquisa realizada pelo SENAI, o indivíduo que possui qualificação técnica tem menos chance de ficar desempregado do que quem não fez um curso técnico. Em outro estudo, dessa vez realizado pela Fundação Getúlio Vargas, foi apurado que aqueles que cursaram o Ensino Técnico possuem 38% de chances de conseguir um emprego de carteira assinada e uma remuneração 13% maior do que aqueles que não fizeram um curso profissionalizante.

Um exemplo de que os ex-alunos de Escolas Técnicas se inserem rapidamente no mercado de trabalho é Marília Elizabete Ribeiro, de 19 anos, que estudou no CEFET. A jovem é técnica em estradas e conseguiu emprego em sua área dois meses após a formatura. Atualmente, Marília está na faculdade de Engenharia de Agrimensura e afirma que, graças ao curso técnico, ela conseguiu descobrir qual direção seguir em sua carreira profissional.

Empresas ainda buscam profissionais com qualificação técnica

Apesar de todos esses benefícios, a procura por carreiras voltadas para a área técnica ainda é baixa. De acordo com a consultoria Manpower Group, os postos de trabalho que as empresas têm mais dificuldades para preencher são aqueles que estão relacionados com a área técnica.

Um exemplo dessa dificuldade é uma fábrica de produtos químicos em São Paulo que precisava de um profissional da área técnica para realizar a manutenção das máquinas e não conseguia encontrar. Segundo a presidente da fábrica, Berenice Freire, as pessoas que enviaram currículos para o concorrer a vaga não tinham a formação técnica necessária para ocupar o cargo.

Cursos Técnicos mais valorizados no mercado de trabalho

Ainda que a oferta de empregos para pessoas que cursaram o Ensino Técnico seja grande, os estudantes devem ficar atentos as tendências do mercado para não escolherem uma área que esteja com baixa oferta de trabalho. Uma escolha errada pode deixar o jovem sem trabalho não porque ele é técnico ruim, mas sim pelo fato dele ter optado por área que está decadência devido à crise econômica.

Os cursos técnicos que estão em alta no mercado de trabalho são Eletrônica, Eletrotécnica, Mecânica e Mecatrônica. Os profissionais dessas áreas podem atuar na indústria de alimentos no setor de serviços, indústria automotiva e até mesmo no comércio.

No entanto, não é qualquer técnico das áreas citadas que é contratado pelas empresas. É preciso que o aluno não se atenha apenas ao conteúdo dado nas matérias do curso técnico e invista no aperfeiçoamento da sua formação. O jovem pode fazer isso investindo em um curso de inglês ou fazendo cursos livres que são voltados para sua área. O CEFET costuma oferecer essas modalidades de cursos. Os mesmos podem ser frequentados por alunos de qualquer Escola Técnica.

Colégios públicos que oferecem vagas no Ensino Técnico

Os jovens que desejam ingressar no Ensino Técnico não precisam pagar uma fortuna para fazer cursos profissionalizantes de boa qualidade. No Rio de Janeiro, existem colégios públicos que oferecem cursos técnicos que proporcionam ao aluno uma excelente base para que ele se transforme em um profissional de alta qualidade. Além disso, o aluno fazer o curso profissionalizante ao mesmo tempo que o Ensino Médio.

Entre as instituições públicas que oferecem vagas no Ensino Técnico destacamos o CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca), IFRJ (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia) e EPSJV (Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio). Para ingressar nessas escolas, o aluno precisa fazer um concurso de admissão.

O EPSJV é uma Escola Técnica especializada em cursos profissionalizantes voltados para a área de saúde. A instituição oferece cursos técnicos na área de Análises Clínicas, Biotecnologia e Gerência em Saúde. As aulas desses cursos são ministradas na Fundação Oswaldo Cruz, uma das instituições mais conceituadas em termos de desenvolvimento científico e tecnológico na área de saúde.

O IFRJ possui cursos técnicos para diversas áreas, com destaque para os Técnicos em Química, Alimentos, Farmácia, Meio Ambiente e Petróleo e Gás. Com o intuito de aumentar as oportunidades de acesso ao Ensino Técnico, o Governo Federal aumentou o número de campus do IFRJ. Entre os municípios que possuem unidades do IFRJ estão Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nilópolis, Resende, São Gonçalo e Volta Redonda.

O CEFET, que é uma das Escolas Técnicas mais conhecidas do Rio de Janeiro, oferece cursos profissionalizantes em áreas como Eletrônica, Eletrotécnica, Edificações, Meteorologia, Segurança do Trabalho e Turismo. Assim como o IFRJ, o CEFET passou por ampliação do seu número de unidades. Além do campus do Maracanã, a instituição possui unidades em Itaguaí, Maria da Graça, Nova Iguaçu e Petrópolis.

Concorrência por vagas em cursos técnico de qualidade

A alta qualidade dos cursos técnicos do CEFET, EPSJV e IFRJ fazem com que o número de inscritos nos concursos de admissão para esses colégios seja grande. Para aumentar as suas chances de ingresso nessas instituições de ensino, recomendamos que o estudante procure um curso preparatório. Nesses cursos, o aluno terá o suporte de professores especializados na preparação de candidatos para concursos de Escolas Técnicas. Além disso, o jovem poderá realizar simulados que lhe darão uma ideia de qual será o conteúdo abordado na prova e como ele deve administrar o tempo para resolver cada questão.

A escolha de uma boa instituição de Ensino Técnico e uma especialização que esteja com uma boa cotação no mercado de trabalho são uma boa garantia para o estudante conseguir um emprego. No entanto, o jovem deve escolher uma área que, além de ter uma boa oferta de trabalho, seja algo com que ele se identifique.

Agora que você conhece um pouco mais do a importância do Ensino Técnico em tempos de crise no Brasil, se sente preparado para fazer um concurso para um Escola Técnica? Caso esteja pronto, procure o Curso Radical para aumentar as suas chances de ser aprovado. Não perca tempo e se junte ao nosso grupo de alunos!

Compartilhe!

Sem Comentários

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.